segunda-feira, 28 de julho de 2008

O que aprendi sobre prosperidade

- Henry Ford -

Tive que começar pela base, porque, ainda que numerosas pessoas andassem empenhadas na solução do problema dos automóveis, não podia conhecer o que haviam elas conseguido.


Em 1892, terminei a construção do meu primeiro automóvel. Arquitetei um plano e desenvolvi todos os detalhes antes de iniciar a construção. Muitos inventores naufragaram por falta de preparação antes da experimentação. A ineistência de materiais adequados constituiu a maior dificuldade que encontrei na construção.

Meu calhambeque de gasolina foi o primeiro, e por muito tempo, o único automóvel de Detroit. Era olhado qual uma peste, graças ao barulho que fazia, e ao espanto que causava nos animais. Vieram também incômodos com os agentes de polícia, embora ainda não houvesse leis que regulamentassem a velocidade dos veículos. Tive de tirar uma licença especial com o Prefeito para a livre circulação do meu carro. Fui o primeiro chofer com carta da América!

Durante os anos de 1895 e 1896, percorri nesse meu primeiro carro uns 1500km, e depois o vendi a Carlos Ainsley, por duzentos dólares. Já andava disposto a construir um segundo e esse dinheiro veio bem a calhar!

Eu sonhava com uma larga produção. Mas antes disto era preciso possuir o objeto a explorar já devidamente estudado e comprovado. 'A pressa é inimiga da perfeição'. Conclui o meu segundo carro em 1896. Muita coisa aprendi com este carro.

Em 1895, tive notícia que um carro alemão, Benz, estava exposto em Nova York. Fui examiná-lo, mas não vi nenhum aperfeiçoamento interessante.

Construi na minha oficina três carros, que durante anos circularam em Detroit. Quanto ao primeiro, acabou voltando às minhas mãos; comprei-o por cem dólares a um sujeito a quem Ainsley o vendera.

12 comentários:

Brisa da Manhã disse...

Muito interessante o post em pauta... Como passou o final de semana? Muito obrigada pela visita! Tenha uma boa semana! Beijos suaves da Brisa da Manhã

Mariz disse...

Salvé querida!

Excelente post. Mas lembre-se que a prosperidade passa sempre primeiro pelo coração...e ela é bem mais espiritual que material. As bençãos caiem bem mais depressa.

Beijinhos meus
Mariz



Não vi aqui o meu Award que lhe dei, não gostou dele?

7e7éi@ disse...

Muito bom o seu post! Obrigada pela visita! Já atualizei! Deus a abençoe! Beijos da 7e7éi@

Samantha: disse...

Amiga... que reflexão! Obrigada pela visita! Fique na Paz de Jesus e no Amor de Maria!

1/4 de Fada disse...

Adoro esta parte da História, este post "conversou" especialmente comigo. Beijos.

Alice disse...

Querida, obrigada pela visita! Acabei de atualizar com mais uma história urbana. Paz, saúde e que Deus nos ajude! Beijos cor de rosa

Anjo das Frases disse...

Pensadora querida: seu blog é massa! Por isso te ofereço o Prêmio É Massa! Estou te add nos favoritos pois gostei muito daqui!Obrigada pela visita! Beijos

peregrina da paz disse...

Olá! Você sempre com maravilhosos posts! É muito bom vir aqui! Obrigada por sua visita! Deus te abençoe!

Anpara disse...

Oi, querida! Que alegria receber sua visita! Muito obrigada! Tenha um fim de semana espetacular! Saúde e paz. O resto a gente corre atrás! Beijos

Brisa da Manhã disse...

Olá querida amiga! Que sua semana tenha sido ótima e que o final de semana seja melhor ainda! Te ofereço o prêmio que criei - Esse blog é uma benção! Beijos suaves da Brisa da Manhã

Zéza disse...

Obrigada pela visita! Esse final de semana termina a campanha do Criança Esperança. Você já contribuiu? Meu post dessa semana é sobre isso! Beios azuis! Zezinha

Sou Morgana: disse...

Mais uma vez, parabéns! Mais um post maravilhoso! Hoje lá no meu Reino tenho a lenda das Encantadas. Tô te esperando! Bom fim de semana e beijos cintilantes da fada Morgana!