quarta-feira, 20 de fevereiro de 2008

A realização da prosperidade

A verdadeira prosperidade se concede apenas ao coração opulento em integridade, confiança, generosidade e amor. O coração que não possui tais qualidades não pode conhecer a prosperidade. A prosperidade, assim como a felicidade, não é uma posse exterior, mas uma realização interior.
O ganancioso pode ficar milionário, mas será sempre mesquinho e vil, além de pobre de espírito. E se considerará pobre externamente enquanto houver no mundo alguém mais rico do que ele.
O universo e a natureza são abundantes em todas as coisas boas pois concedem tudo, sem reservas, e não pedem nada; os humanos agarrando tudo, tudo perdem.
- James Allen e Dr. Tag Powell -

Um comentário:

Brisa da Manhã disse...

A prosperidade é uma via de mão dupla. Um bom exemplo disso é o Mar Morto. Ele retém suas águas que ficam tão salgadas que não há vida marinha! Se não compartilhamos, não recebemos mais! Muito bom esse seu post! Beijos suaves da Brisa da Manhã